Busque o conhecimento de um novo idioma!

Alguns anos atrás, quando globalização ainda era uma palavra um tanto quanto nova e assustadora, acreditava-se que, em se tratando do conhecimento de idiomas, bastaria o domínio da língua inglesa para assegurar o sucesso nessa “nova” conjuntura do mercado de trabalho. Atualmente, com o termo globalização já batido e óbvio, as coisas não são bem assim. O inglês, é claro, continua sendo a “língua coringa” dos negócios e das relações internacionais. No entanto (ou justamente por isso), deixou de ser um diferencial no mercado que passou, cada vez mais, a exigir o conhecimento de novos idiomas.

Isso é especialmente verdade para nós, brasileiros. A crescente popularidade internacional do Brasil no exterior, o crescimento econômico dos últimos anos juntamente com a crise que afetou as grandes potências econômicas, vêm abrindo espaço para novas oportunidades de negócios e parcerias internacionais.

Além disso, nós próximos 4 anos receberemos os dois maiores eventos esportivos internacionais: a Copa do Mundo (2014) e as Olímpiadas (2016). Esses dois grandiosos eventos prometem trazer uma quantidade nunca antes vista de turistas estrangeiros para o Brasil. Servirão também para provar que somos capazes de organizar outros eventos além do carnaval. Mais do que isso, tais eventos expandirão essa conjuntura favorável ao Brasil do ambiente internacional para os pequenos negócios e para o setor de serviços. Não apenas por causar um grande aumento no fluxo temporário de turistas e na demanda por serviços típicos, mas também pela possibilidade de gerar nos turistas o desejo de retornar, ou seja, aproveitar essa oportunidade para aumentar o fluxo permanente de turistas estrangeiros para o território nacional. Diante desse quadro, o conhecimento em idiomas (de um segundo e de um terceiro idioma) deixa de ser importante apenas para trabalhadores de multinacionais que se relacionem com a matriz, para aqueles que trabalhem no setor de comércio exterior e para executivos, tornando-se importante também para todos aqueles que atuam no setor de serviços (um conhecimento de maior ou de menor grau): garçons, atendentes, mensageiros, recepcionistas e comerciantes autônomos.

Embora o tempo para conhecer mais a respeito de um (ou dois) idioma(s) pareça curto (especialmente para a copa do mundo), isso não deve desanimar aquele que pretende buscar o conhecimento de um idioma. Muito pelo contrário, como o Brasil espera usar esses dois eventos para causar uma impressão positiva e aumentar o número de turistas estrangeiros que virão para cá após tais eventos, a Copa do Mundo e a Olímpiada servirão como um marco de primeira etapa no aprendizado daqueles que iniciarem agora seus estudos em um determinado idioma. Uma etapa que pode servir de motivação para estudos posteriores, afinal se “pouco tempo” de estudo é capaz de produzir esse resultado, o que não se pode fazer com a fluência em um idioma?

Por essas e outras é importante se preparar. Existem diversos cursos de francês em São Paulo, Guarulhos e região, cursos de alemão em Porto Alegre e região, cursos de chinês em Recife e região, ou seja, existem diversas opções de cursos de diversas modalidades para atender às mais diversas necessidades. Utilize a Internet a seu favor e pesquise para encontrar a melhor opção para você.

Share this post

  • Subscribe to our RSS feed
  • Share this post on Delicious
  • StumbleUpon this post
  • Share this post on Digg
  • Tweet about this post
  • Share this post on Mixx
  • Share this post on Technorati
  • Share this post on Facebook
  • Share this post on NewsVine
  • Share this post on Reddit
  • Share this post on Google
  • Share this post on LinkedIn

About the author

guilherme had written 10 articles for Educação – Guia completo de Ensino no Brasil

Não há comentários.

New comments are closed.