Educação: Nunca canse de aprender

A educação tem uma grande importância na evolução da sociedade . Graças a ela, muitas descobertas foram feitas e acabaram transformando e simplificando a vida das pessoas em muitas áreas. No modo geral, este processo de aprendizado está relacionado com a visão de homem + sociedade + saber, onde esta integração acaba melhorando qualitativamente a estrutura mental do indivíduo que decide aprender.

O psicólogo Vygotsy criou uma teoria que revela que o desenvolvimento do indivíduo é o resultado de um processo sócio-histórico e enfatiza o papel da linguagem e do aprendizado. A questão central para Vygostsy é a aquisição do conhecimento através da interação do sujeito com o meio em que ele vive e interage. Essas concepções se remetem às relações entre pensamento e linguagem, ligadas à questão cultural no processo da construção de significados pelos indivíduos, e o papel da escola é transmitir o conhecimento diferenciado do aprendizado na vida quotidiana.

O processo de educação e aprendizado sofreu muito ao longo dos séculos e viveu um período de turbulência na Idade Média. Na ascensão do Cristianismo e do dogmatismo religioso o conhecimento foi ocultado para que a supremacia cristão/católica dominasse por muitos séculos, como retratou muito bem o filme O Nome da Rosa. A natureza do ser humano é buscar o conhecimento e ter a liberdade da trocar ideias, o que acabou sendo  reprimido pela igreja católica, que costumava  impedir a divulgação de qualquer tipo de informação.  A biblioteca era um labirinto de difícil acesso e os livros eram copiados à mão pelos monges. Sendo assim, eles  se tornavam bastante raros, grandes, com difícil manuseio e acesso. Muitos livros ficavam escondidos na torre e suas páginas soltavam  tinta nas pontas dos dedos, atingiam a corrente sanguínea e levavam  o leitor a morrer envenenado. Desta forma o conteúdo não era divulgado.

Com o passar do tempo, o processo de informação libertou-se e acabou promovendo o aprendizado e motivado os desejos e necessidades das pessoas em satisfazer os seus interesses e emoções, permitindo a possibilidade de fazer escolhas e tomar decisões.

A liberdade da busca da informação e do aprendizado fez com que a humanidade se beneficiasse com grandes descobertas, como a invenção da imprensa por Gutemberg, o telefone por Alexander Graham Bell, a lâmpada por Thomas Edison, o Telescópio por Brian Greene, a penicilina por Fleming e invenções de muitos outras cientistas que fizeram história ao ter a chance de pesquisar, experimentar e propagar sua ideias.

O processo educacional no Brasil começou junto aos exploradores portugueses que descobriram o Brasil e colonizaram suas terras e graças a Companhia de Jesus (Jesuítas) em 1540, colocou o início da evangelização como um dos importantes objetivos dos Jesuítas junto ao ensino e educação. Mais tarde, no ano de 1800 surgiu no Rio de Janeiro a primeira instituição de ensino no Brasil dedicada ao ensino de artes com Aula Prática de Desenho e Figura.

A educação brasileira é dividida em três níveis:  Ensino Fundamental (gratuito e obrigatório para crianças de 6 a 14 anos) , Ensino Médio (gratuito mas não é obrigatório)e Ensino Superior (Gratuito em universidades públicas). Ela é regulamentada pela Constituição Federal e pela Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (LDB). Atualmente, o país possui uma taxa de letramento de 90% e um total de 14,1 milhões de analfabetos.

Hoje em dia o Brasil vem se esforçando muito para aprimorar a educação e oferecer um alto padrão de ensino. Recentemente, o país foi o pior colocado num estudo promovido pelo Banco Mundial a respeito das condições dos países emergentes.

Nota-se que o aprendizado é um dom nato do ser humano como o ato de falar, caminhar, passando pela maturação física, psicológica e social.  A sua importância depende da vida de cada espécie e o homem difere dos outros animais porque é racional, capaz de aprender e pensar, utilizando sua consciência para analisar seus atos, planejar tarefas e executar seu trabalho, modificando seu meio e a forma direta pela qual atua.

Segundo o filósofo português João Vaz, todo o ser humano deseja ter a melhor educação técnica possível de forma que os seus conhecimentos o ajudem a alcançar uma estabilidade social, tão almejada pelos jovens da nossa sociedade.  O ponto  mais importante da educação são  as suas fundações  baseadas  em valores definidos e segmentados, que se dão pela   diferença  e  necessidade de SER. A educação é o elemento mais preponderante  em nossas vidas. É um processo evolutivo nunca terminado e que está sempre em constante mutação, gerando novos conhecimentos e experiências que os indivíduos vivenciam diariamente, afirmou João Vaz.

É sempre importante relembrar alguns provérbios e citações antigas que estimulam o pensamento e a continuação do aprendizado. Como por exemplo, o provérbio chinês “Não dê o peixe, ensine a pescar” , ou as palavras de Confúcio: “um homem educado não é nada”  e ainda Immanuel Kant: “O homem não é nada além daquilo que a educação faz dele.

Hoje se sabe que aprender é um processo longo, sempre em andamento e de eterna duração Quando você decide estudar, aprender ou se atualizar em sua profissão, você está fazendo um grande investimento. Lembre-se sempre que “aprender” tem uma grande importância em nossa sociedade e este verbo jamais vai sair de moda.

Share this post

  • Subscribe to our RSS feed
  • Share this post on Delicious
  • StumbleUpon this post
  • Share this post on Digg
  • Tweet about this post
  • Share this post on Mixx
  • Share this post on Technorati
  • Share this post on Facebook
  • Share this post on NewsVine
  • Share this post on Reddit
  • Share this post on Google
  • Share this post on LinkedIn

About the author

guilherme had written 10 articles for Educação – Guia completo de Ensino no Brasil

One Response to "Educação: Nunca canse de aprender"
  1. Eloine July 3, 2012 12:55 pm

    Muito bom o artigo. Nós educadores necessitamos sempre de aperfeiçoar nossos conhecimentos. Eloine.

New comments are closed.